sábado, 12 de março de 2011

IMPOSTO DE RENDA 2011 - ISENÇAO POR IDADE ACIMA DE 65 ANOS E DOENÇA

SÃO ISENTOS DO IMPOSTO DE RENDA OS RENDIMENTOS PROVENIENTES DE APOSENTADORIA E PENSÃO, TRANSFERÊNCIA PARA A RESERVA A REMUNERADA OU DE REFORMA PAGOS PELA PREVIDÊNCIA SOCIAL DA UNIÃO, DOS ESTADOS, DO DISTRITO FEDERAL E DOS MUNICÍPIOS, POR QUALQUER PESSOA JURÍDICA DE DIREITO PÚBLICO INTERNO OU POR ENTIDADE DE PREVIDÊNCIA PRIVADA, A PARTIR DO MÊS EM QUE O CONTRIBUINTE COMPLETAR 65 ANOS DE IDADE, SEM PREJUÍZO DA PARCELA ISENTA PREVISTA NA TABELA DE INCIDÊNCIA MENSAL DO IMPOSTO, ATÉ O VALOR DE r$ 1.499,15, POR MÊS.
ATENÇÃO: A DIABETES NÃO SE INCLUI DENTRE AS DOENÇAS QUE ENSEJAM A ISENÇÃO DO IRPF.
DESTA FORMA, OS VALORES RECEBIDOS, QUE SUPEREM O LIMITE DE r$ 1.499,15, SOFRERÃO INCIDÊNCIA DO IRPF
PERGUNTA
PREVIDÊNCIA PRIVADA
A: RENDIMENTOS ACUMULADOS
EM 2010 RECEBI RENDIMENTOS ACUMULADAMENTE EM DECORRÊNCIA DE SENTENÇA JUDICIAL TRABALHISTA QUE RECONHECEU DIFERENÇA DE SALÁRIOS DURANTE ALGUNS ANOS.
COMO LANÇAR TAIS VALORES?
RESPOSTA:
ESTA É UMA NOVIDADE PARA A DECLARAÇÃO DESTE ANO, SENDO QUE O CONTRIBUINTE IRÁ UTILIZAR-SE DE FICHAS ESPÉCIFICAS PARA LANÇAMENTO DOS RENDIMENTOS RECEBIDOS ACUMULADAMENTE A TÍTULO DE APOSENTADORIA, PENSÃO, TRANSFERÊNCIA PARA A REERVA REMUNERADA OU REFORMA PAGOS PELA PREVIDÊNCIA SOCIAL, ESTADO, DISTRITO FEDERAL E MUNICÍPIOS, ALÉM, DE RENDIMENTOS DO TRABALHO.
A NOVA REGRA EFETIVAMENTE REDUZ O IMPOSTO, POIS CONSIDERA OS VALORES RECEBIDOS EM RELAÇÃO A CADA UM DOS MESES DE COMPETÊNCIA, DIFERENTEMENTE DA SISTEMÁTICA ANTERIOR QUE MANDAVA APLICAR A TABELA PROGRESSIVA EM RELAÇÃO AO TOTAL RECEBIDO , NA DATA DO RECEBIMENTO .
OUTRA NOVIDADE É QUE OS RENDIMENTOS SERÃO CONSIDERADOS COMO DE TRIBUTAÇÃO EXCLUSIVA NA FONTE.
PREVIDÊNCIA PRIVADA
PERGUNTA: OS PAGAMENTOS DE CONTRIBUIÇÕES PARA PREVIDÊNCIA PRIVADA - PGLB - SÃO DEDUTÍVEIS DO IR. HÁ ALGUM LIMITE?
RESPOSTA: - A DEDUÇÃO DOS PAGAMENTOS FEITOS A TÍTULO DE CONTRIBUIÇÃO PARA OS PLANOS DE PREVIDÊNCIA PRIVADA É LIMITADA A 12% DOS RENDIMENTO TRIBUTÁVEIS LANÇADOS NA DECLARAÇÃO.
O MONTANTE PAGO DURANTE O ANO DEVERÁ SER INFORMADO NA
FICHA ( PAGAMENTOS E DOAÇÕES EFETUADOS )

2 comentários:

karen disse...

Boa tarde

Meu pai se aposentou ano passado mas continua trabalhando. Ele entrou com a aposentadoria em março de 2008 mas só foi liberada em março de 2010. Em março de 2010, ele recebeu por volta de 36.000,00 a partir de abril, começou a receber por mês 1.700,00.
Eu pesquisei bastante e fiz assim, gostaria de saber se está certo:
Escolhi a simplificada.
Na parte de recebimento tributáveis de pessoa jurídica, declarei a o total que ele recebeu do seu emprego, já que continua trabalhado e da aposentadoria (a partir de abril).
Nos rendimentos acumulados, fiz pela nova regra, optei pela forma de tributação exclusiva na fonte, que vc tem que colocar o número de meses que é referenta ao valor acumulado.Coloquei o valor de 36.000,00/24meses (março/2008 a março/2010).
está certo?

Att
karen

karen disse...

Boa tarde

Meu pai se aposentou ano passado mas continua trabalhando. Ele entrou com a aposentadoria em março de 2008 mas só foi liberada em março de 2010. Em março de 2010, ele recebeu por volta de 36.000,00 a partir de abril, começou a receber por mês 1.700,00.
Eu pesquisei bastante e fiz assim, gostaria de saber se está certo:
Escolhi a simplificada.
Na parte de recebimento tributáveis de pessoa jurídica, declarei a o total que ele recebeu do seu emprego, já que continua trabalhado e da aposentadoria (a partir de abril).
Nos rendimentos acumulados, fiz pela nova regra, optei pela forma de tributação exclusiva na fonte, que vc tem que colocar o número de meses que é referenta ao valor acumulado.Coloquei o valor de 36.000,00/24meses (março/2008 a março/2010).
está certo?

Att
karen